terça-feira, 29 de junho de 2010

Nacionalismo

Algumas nações são tão nacionalistas que querem que o mundo inteiro seja o seu país.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Arrrii!!! (com a letra)

Eis o link (copie para uma nova página) para descarregar o meu novo som (a respectiva letra também). E abaixo um vídeo que me foi enviado sobre como, por vezes, é tranportada a droga. Neste caso, através de uma criança morta.ATENÇÃO, IMAGENS MUITO FORTES. Óptima escuta:

http://www.4shared.com/audio/KN4ul5do/AZAGAIA_-_Arrriii.html?err=no-sess

video


Arrriii!!!

I
Tá ver o que é isso...
Empresário de sucesso responder em juízo?! Hum?!!
Tá ver o que é isso...
Nem há costas quentes pra queimar o arquivo?!
E mesmo que ele jure que não fez na-da
Dizem que só há fumo onde há queima-da
O problema é que esse fumo vem do camara-da
Que paga milhões por uma cachimba-da
E se eu dissesse o que toda gente sabe ou imagina
Que o motor deste país funciona à cocaína
...Talvez dissesses que é uma grande mentira
Que o nosso governo caiu numa armadilha
Então como se explica a riqueza do Tio Patinhas
O Hammer da senhora que vendia pastilhas
Negócio de capulanas pariu um Shopping Center?
Pra além de motorizadas, que mais a polícia aceita?
Carros com matrícula à prova de qualquer suspeita,
Negócios com crescimento maior que a receita,
A lei desconfia mas nunca rejeita
Pobreza absoluta é a desculpa perfeita!

Coro secundário:
E o governo faz o quê? (Nadaaa)
E o povo faz o quê? (Nadaaa)
E o escândalo deu em quê? (Nadaaa)
Haaaaaaarrriiiiii!!!!

Coro principal:
O povo falava do nome (dele)
A Polícia recebia uniforme (dele)
Partido comia na mão (dele)
(scratch arrriii)

II
Tá ver o que é isso...
Empresários d´agora vivem num paraíso
Tá ver o que é isso...
Aqui ninguém foge, aqui não há fisco
E quem fiscalizar leva uma raja-da
Como o falecido director da Alfân-dega
Mais bancos e hotéis nascem do na-da
Dinheiro sujo, tua cabeça la-va-da.

Coro secundário:
E o governo faz o quê? (Nadaaa)
E o povo faz o quê? (Nadaaa)
E o escândalo deu em quê? (Nadaaa)
Haaaaaaarriiii!!!!

Coro principal:
O povo falava do nome (dele)
A Polícia recebia uniforme (dele)
Partido comia na mão (dele)
(scratch arrriii)

quinta-feira, 17 de junho de 2010

A análise da "Cena dele"


ATENÇÃO: Estréia nesta sexta feira, 18/06/10, às 23H59, no blog da cotonete records: www.cotonetemoz.blogspot. com, e a seguir aqui, a minha nova música onde faço a minha análise da cena dele. É só fazer o download. É gratuito. Fiquem atentos. Obrigado!

quinta-feira, 10 de junho de 2010

quinta-feira, 3 de junho de 2010

terça-feira, 1 de junho de 2010

Semana passada

Estimados, semana passada andei ocupado, por isso não postei nada. Mas volto à carga para falar justamente dessa semana.
Durante 5 dias participei da gravação de mais uma curta metragem com a dupla de câmara e realizador, Pipaz Forjaz e Mickey Fonseca. Desta feita, o filme chama-se "Veneno lento" e eu divido o papel principal com a actriz Maria Amélia. Somos um casal, Kwame (polícia) e Crista (farmacêutica) que atravessa uma fase complicada, eu a violo regularmente, sem que, exactamente, me dê conta. Bem, o final da história, vocês verão em breve nas televisões. Fiquem atentos. De lembrar que, para além desta curta metragem, participei em mais duas: "Malha" e "Traídos pela traição". O primeiro a cargo da Malha Filmes e o segundo, tal como o último, a cargo da Mweti Comunicação Para a Saúde Pública. Vejam as fotos:


Kwame em acção no Bairro da Mafalala, entre a equipa de filmagem.


Crista(Maria Amélia), Kwame e o filho do casal, em cena.


Padrinho Kapueta (actor Gravata do Gungu) e o afilhado Kwame, em cena.

Em breve, mais fotos.